Cabeçalho Conteúdo
Módulo Parcerias Tecnológicas | Petrobras

logo

Somos uma das empresas que mais investem em pesquisa, desenvolvimento e inovação no país. Grande parte das iniciativas ocorrem através de parcerias tecnológicas com instituições de ciência e tecnologia, institutos de inovação e empresas. As parcerias são celebradas quando há interesse comum entre os parceiros, sempre associadas à potencial geração de valor para a Petrobras. Com a aplicação das Diretrizes para Parcerias e a utilização do novo “Ambiente de Competitividade”, esperamos que estas parcerias se tornem mais ágeis, diversificadas e dinâmicas, permitindo um maior alinhamento às necessidades do negócio, com maior geração de valor, promovendo o aumento das parcerias de alta competência, melhorando as condições para inovação e reduzindo os riscos de conformidade e jurídico. Aos parceiros, trará maior transparência acerca dos desafios tecnológicos por nós definidos, igualdade de condições, reconhecimento da competência e maior potencial de geração de negócios.

O que é o “Ambiente de Competitividade” no SIGITEC?

Pautado nas Diretrizes para Parcerias Tecnológicas, o “Ambiente de Competitividade”, novo ambiente do SIGITEC (Sistema de Gestão de Investimentos em Tecnologia,) foi criado para apoiar a seleção de novas parcerias tecnológicas, tendo como direcionadores: a geração de valor, a alta competência e o time-to-market.

A quem se destina o novo Ambiente?

O novo ambiente se destina aos nossos interlocutores técnicos que poderão transformar seus desafios em oportunidades de inovação aberta, por meio de divulgações para toda a comunidade técnica e científica na página principal do SIGITEC. E, através do ambiente os representantes das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICT) e Empresas Brasileiras podem submeter propostas que atendam aos requisitos das oportunidades apresentadas.

Oportunidades

A Petrobras disponibiliza oportunidades de parceria em projetos de PD&I. Consulte as oportunidades no momento, acessando o link abaixo. Caso haja interesse em propor solução para determinada oportunidade, siga as orientações do sistema. Neste caso, será necessário acessar o Sitema de Gestão de Investimentos em Tecnologia (SIGITEC), caso possua login ou faça um cadastro.


Consulte aqui as oportunidades publicadas Manual do SIGITEC Parcerias Competitivas

Oportunidade Encerradas

Veja como foi a chamada de Ferramentas de Inspeção


Ver chamada

Documentos para Gestão de Projetos de PD&I

Além disso, encontram-se aqui os links para o site da marca Petrobras e suas normas de aplicação e os links para os sites da ANP e da ANEEL, onde constam suas marcas, a legislação que normatiza os investimentos em P,D & I e os regulamentos da cláusula de investimento em pesquisa e desenvolvimento.

 

Outros Manuais

 

Investimentos em Instituições de P&D

 

Aplicação da Marca

Perguntas Frequentes

O que é o Sistema de Investimentos em Tecnologia?

O Sistema de Gestão de Investimento em Tecnologia (SIGITEC) é o sistema de informação para a gestão da carteira de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação da Petrobras.

O objetivo da ferramenta é sistematizar e padronizar a gestão dos instrumentos contratuais assinados entre o Cenpes e as instituições de ciência e tecnologia.

É dividido em diversos módulos, atendendo aos principais processos relacionados às atividades básicas da gestão destes projetos (Planejamento do plano de trabalho, Análise de enquadramento do plano de trabalho ao Regulamento das Agências Reguladoras e às regras de conformidade da PETROBRAS, Contratação, Repasses, Prestação de contas, Solicitações de mudança do plano de trabalho original (aditivos e reformulações financeiras), Encerramento e Fiscalização).

Para inclusão de projetos já negociados com as áreas técnicas do Centro de Pesquisas das Petrobras (Cenpes) ou acompanhamento de projetos submetidos a partir de Fevereiro/2012, acesse o Sigitec.

Quais as regras para elaboração de uma nova proposta de projeto?

Para elaboração de uma nova proposta consultar o Manual de Termos de Cooperação para Projetos de P, D&I na página principal desse site.

O que é o Manual de Termos de Cooperação para Projetos de P, D&I?

O Manual de Termos de Cooperação para o desenvolvimento de projetos de pesquisa e desenvolvimento e inovação (P,D&I) normatiza os procedimentos que disciplinam a aplicação de recursos da Petrobras em Instituições de Ciência e Tecnologia (ICT’s) através dos instrumentos Termos de Cooperação. Agrega os aspectos mais relevantes de todas as fases de operacionalização, com a finalidade de subsidiar os coordenadores destas instituições e outros profissionais envolvidos com a apresentação e gestão de projetos em todas as etapas, abrangendo apresentação das propostas, contratação, remanejamento, prestação de contas e desembolsos.

Para um pesquisador visitante que venha passar um tempo no país, qual o valor da diária para este?

As diárias são destinadas a cobrir os gastos durante a viagem e, portanto, estão atreladas ao destino da mesma. No caso, o pesquisador deve receber a diária nacional (Brasil), vigente à época da elaboração da proposta.

É possível contratar pesquisadores em projetos de infraestrutura?

Não. Na equipe executora de um projeto de infraestrutura deverá constar apenas o coordenador do projeto, que não deverá possuir um orçamento vinculado a este profissional, sendo sua carga horária apenas para caracterizar a responsabilidade e acompanhamento do projeto.

Qual é a necessidade da prestação de contas?

A liberação de recursos é precedida de prestação de contas do repasse anterior. A comprovação da correta aplicação dos recursos recebidos se faz necessária para a liberação de parcelas subsequentes.

Há necessidade de conta única para cada Termo de Cooperação?

Sim. Cada Termo de Cooperação deve ter sua conta bancária aberta para recebimento da parcela e aplicação do recurso. A cada prestação de conta é realizada a conciliação bancária, onde é aferido o saldo da conta e os rendimentos de aplicação do período.

Como devo fazer a prestação de contas?

As prestações de contas deverão ser realizadas no sistema de SIGITEC pelo partícipe responsável pela gestão financeira do Termo, onde será necessária a inclusão das cópias dos documentos de despesas e seus comprovantes de pagamento (notas fiscais, recibos, etc.) e extratos de conta corrente e aplicação financeira.

O que é remanejamento?

Remanejamento é qualquer alteração no desembolso previsto na planilha original do convênio, como :

· Alteração de valores alocados aos itens de despesa;

· Substituição ou inclusão de materiais, bens ou serviços na relação de itens da planilha de desembolso;

· Alterações na composição da equipe executora.

Qual a importância do remanejamento?

O remanejamento altera o plano original de trabalho assinado entre a Instituição de Ciência e Tecnologia (ICT) e a Petrobras. Impacta na prestação de contas do Termo de Cooperação, no desenvolvimento técnico-científico da pesquisa e nos investimentos obrigatórios em P&D. Assim, toda alteração no plano de trabalho deve ser comunicada previamente à Petrobras e autorizada por essa, a fim de assegurar que o objetivo inicial do instrumento de cooperação seja mantido e que os registros contábeis e financeiros possam ser realizados no SIGITEC.

Qual é o procedimento a ser adotado diante da necessidade de utilização do rendimento da aplicação financeira?

Caso o coordenador do projeto identifique a necessidade da utilização desses rendimentos, deve ser solicitado previamente via SIGITEC para sua aprovação e alteração do plano de trabalho. Os rendimentos não utilizados deverão ser devolvidos ao término do Termo de Cooperação.

Por que é importante as instituições se credenciarem junto à ANP?

O credenciamento consiste no reconhecimento formal de que a instituição atua em áreas de relevante interesse para indústria do petróleo, gás natural e biocombustíveis e/ou segmentos correlatos, como meio ambiente, energia e formação de recursos humanos, com reconhecida idoneidade e competência tecnológica e posse de infraestrutura e condições operacionais para a execução das atividades de pesquisa e desenvolvimento, relacionadas ao grupo de serviços credenciados.

O credenciamento é condição fundamental para que, no futuro, o concessionário possa investir nas instituições de P&D, conforme dispõe o art. 4º da Resolução ANP nº 33, de 24/11/2005.

Quem pode se credenciar?

Qualquer instituição (departamento, laboratório e outros) pertencente a entidades como universidades, institutos tecnológicos e centros de pesquisa, públicos ou privados estabelecidos no Brasil, de comprovada competência técnica e cientifica para prestação de serviços tecnológicos nas áreas de petróleo, gás natural e correlatas, poderá solicitar o credenciamento.

As fundações de apoio também precisam ser credenciadas na ANP?

Não é necessário o credenciamento das fundações de apoio, cujo papel é unicamente fazer a gestão administrativo-financeira dos recursos do projeto. Seu credenciamento só se justifica nos casos onde a própria fundação pretende realizar projetos de pesquisa e/ou gestão tecnológica de projetos e programas.

Como posso obter mais informações sobre o processo de credenciamento?

Para mais informações, as instituições devem entrar em contato com a Agência, através do site www.anp.gov.br .

Contato

Utilize o email: investimentoexterno@petrobras.com.br para dúvidas sobre os temas abaixo:

Ambiente de Competitividade
Novas Propostas
Reformulação / Aditivos
Repasse
Prestação de contas
Encerramento / Devolução de saldo
Fato consumado / RJI
Críticas e Sugestões

Para um melhor atendimento, solicitamos que ao enviar o email seja respeitada a taxonomia no campo Assunto: [Tema Selecionando] - [N° SAP] ou [N° Processo] ou [Nº Oportunidade] – Nome Fundação e/ou ICT/Empresa Brasileira.

Em caso de seleção do Tema Críticas e Sugestões, no campo Assunto utilizarem somente o Tema. Importante informar que essas mensagens não serão respondidas. O conteúdo será analisado, e caso seja pertinente, ajustes no processo serão realizados e, posteriormente, comunicados serão divulgados.

Reforçamos que, os e-mails que não seguirem a estrutura no campo Assunto poderão não ser respondidos.

Para assuntos referente ao uso do sistema SIGITEC utilizar os canais 0800-591-5563 e cc-centralsigitec@petrobras.com.br